Teu corpo-porto

Meu corpo acordou
em decadcarência e
(prenhe de te saber)
com sede do teu todo 
abraçinteiro
estrutura tombando diagonal 
se estendendo ferrugenta
na direcção oleada de 
tuas afáveis perícias em 
pupilágrimas ternurentas.

teus repentes
torso ferrugento 
em carícias lautas 
eflúvias, dedafrotoque
completamor consumado                                                                                                                                                                                                                                                          
o arado de teu ventre                                                                                                              
num mar de trigo em chamas.
E em todas essas delícias de
te assoprar minha concha ambarina 
afável protetora, minha nau,
saber da efusão das marés
que tua lava em brasa me traz...
Meu corpo acordou ancorado
no teu protetorado, meu amor.
Era um bom porto cálido essa paz.
*
E assim foi que em delícias
toda a noite sustivemos a respiração.
E assim foi que em beijos loucos, carícias
nos condenámos um ao outro sem perdão.

Trocámos os corpos, o teu
soube-me a sal e açafrão
fremente, impulsivo, insensato
para meu gáudio e de mais ninguém.
Soubeste-te aninhar, me animando
construíste uma ponte entre nós 
dois, com vasos comunicantes
disseste tudo o que havia para 
dizer, fazer e foi pouco o
dito ao meu apetite de ti.

Meus lábios queimaram suor em  
sua testa, molharam têmporas
pingaram dos lóbulos inchados
desceram pescoços e maçãs-de-Adão
quiseram tornear os contornos
lindos e ondeantes de seus braços
abocanhar dedos astutos
eles redondaram mamilos arrepiados
desceram peitosepêlos, doces umbigos
beijaram seus joelhos acostumados
quiseram comer tornozelos
e finalmente te alcançaram
sorveram resorveram e a cada 
vez te amaram, maisamaram, 
desmaiaram.

E aí você veio sobre 
mim como um arrepio
uma onda de calor
contra a minha cara
meu coração desabou
espalhou pétalas por ti todo
foram nossos os segredos
dessa tarde e em mil
enredos decoraste um
som bom à minha volta.
Juntos fizemos tudo 
na praia de nossas vidas
você me guia de leve
é uma espécie de amor e utopia
que todos os beijosdomundo não secarão
para desfrutar dos prazeres inteiros
que essa carne fraca nos dá. 

Porquanto em ti todo é meu mundo
e se teu espírito me magnetiza
teu corpo me consuma.
Essa alma doce e sensata
amena, incorruptível
que em amplas asas dignas 
se abre como abrigo
para meus sonhos me
faz chorar de comoção
quando estás cansado de trabalhar,
quando desejas uma segurança
um refresco, uma carícia
uma ternura-recompensa
e és forte e sábio
e grande e digno
e embalamos nossa rede
como duas crianças
brincando de afago.
Não tem tempo nesse tempo
só distância aproximada
doçura do quente da carne
que é alma confirmada,
que é amor desabrochado, 
que é uma linha de açúcar 
na beira do copo, uma
pamonha aberta, lambida,
lambuzando as mãos, uma dança
comovida, um banho espumoso,
uma toalha estendida no chão
de nossos corpos para o 
corpo de nossos corações.

E nossas almas se suspendem, 
suspeitam, agacham
cheiram, movem-se
na direção de nós ambos
não há geografia, há um tapete
de relva e um céu azul
donde você me caiu
para brilhar em meus cabelos.
Amor de minha vida 
e de todas as encarnações
em todas as constelações
desse nosso uni-verso.
Estrela
te quero concretizar
nos quero consumados, amados
te quero demais da conta
esse trem é muito louco
é uma lágrima que me cai
e um peito cheio
uma boca incompleta
sem você
uma duna fervendo
um oásis descoberto
um tesouro só nosso
botão aberto
vela, convés, concha
cais, audácia
sede, fome de ti
cachoeira fresca
mata, bicho,
ciclo da vida
engenho, escarpa,
peixe, sol, alegria,
cansaço,
vontade de nos alimentarmos
um no outro
bebendo suor um do
outro, escorregar na
piscina de teu corpo
mergulhar em tualma 
linda. Amarar nela.
E ficar nesse remanso. 
Calor que me queima 
as pestanas, borbulha de
minha lava, um longabraço
eu não sei existir-me
antes de nós.  <3
 










 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s